O trabalho do SAEP e a contribuição negocial

Brasília-DF, sábado, 24 de fevereiro de 2024


Brasília, sexta-feira, 6 de outubro de 2023 - 9:39      |      Atualizado em: 7 de novembro de 2023 - 12:0

O trabalho do SAEP e a contribuição negocial

Se dependesse do patrão, do dono da escola, da mantenedora, os trabalhadores pagariam para trabalhar. Não haveria melhoria salarial nenhuma. É o trabalho do Sindicato que garante direitos e conquistas

Neste ano, o SAEP fechou, com êxito, 2 convenções — a do ensino superior, com o sindicato patronal (Sindepes), e da Educação Básica — infantil, fundamental e médio —, com o Sinepe.

Em ambas as convenções, o Sindicato conseguiu recuperar as perdas salariais de 2022 e ainda tivemos outras conquistas relevantes para a categoria.

Houve reajuste salarial, pagamento retroativo, antecipação e abono.

Tudo isto foi conquista do Sindicato. Nada foi dado pelo patrão.

Se dependesse do patrão, do dono da escola, da mantenedora, os trabalhadores pagariam para trabalhar. Não haveria nenhuma melhoria salarial. Ao contrário!

Tudo que a categoria tem hoje foi e é conquista do Sindicato. Nada veio de graça. Não foi dado. Foi conquista, por meio de muita luta!

Contribuição assistencial
Depois desse trabalho, que é cotidiano e diuturno, é necessário que a categoria compreenda a necessidade de custear esse trabalho; custear o Sindicato. Há uma lógica básica nisso: sem 1 SAEP forte e atuante não há conquista e manutenção de direitos.

Daí advém uma questão muito importante: quem deve custear o Sindicato?

A categoria que o Sindicato representa, no caso os auxiliares, pois o SAEP trabalhou e trabalha arduamente para ter conquistas e ampliação de direitos, que não caem do céu. São fruto de muito trabalho. Do contrário, esses direitos e conquistas não seriam materializados.

O SAEP, então, após essas conquistas, pede a cada 1 dos trabalhadores que contribua com o Sindicato, a fim de fortalecer a entidade para ampliar a luta, as conquistas e os direitos. Esse é o sentido da taxa assistencial ou negocial — fortalecer o SAEP.

Trabalhadora e trabalhador, diante de tudo acima que escrito, examine, com consciência, a justeza dessa contribuição, que será descontada apenas 1 vez no contracheque, cujo valor máximo é de apenas R$ 40. Isto é, o desconto varia de acordo com o salário.

Quem ganha menos contribui com menos. Quem ganha mais contribui com mais, até o limite de R$ 40, apenas 1 vez por ano.

Quem tiver alguma dúvida quanto a tudo isso, procure o Sindicato, que atua sempre em favor dos trabalhadores.

A Diretoria









Últimas notícias

Notícias relacionadas



REDES SOCIAIS
Facebook Instagram

Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em Estabelecimentos Particulares de Ensino no Distrito Federal

SCS Quadra 1, Bloco K, Edifício Denasa, Sala 1304,
Brasília-DF, CEP 71398-900 Telefone (61) 3034-8685
recp.saepdf@gmail.com