E-mail: atendimento@saepdf.org.br |  Fale conosco    |    Endereço    |    Dúvidas  |
Brasília/DF - Terça-feira, 29 de julho de 2014.
Página Inicial

Notícias

Volta a página anterior Versão para impressão Enviar por e-mail

2/9/2011 13:28:38

CONVENÇÃO COLETIVA
Saiba como calcular o reajuste salarial da categoria

Cálculo do reajuste e abono salarial para a educação básica e o ensino superior

Por: Daiana Lima

Para auxiliar os trabalhadores em educação e as instituições de ensino na hora de calcular o reajuste salarial e o abono, o SAEP explica, passo a passo, como deve ser feito este cálculo.

Educação básica
O reajuste para os auxiliares de ensino da educação básica é 6,3%, referente à reposição integral do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), para todos os auxiliares, independente da faixa salarial.

Para quem recebe acima do piso, a partir de agosto de 2011, deve ser acrescentado 1% de ganho real, e a partir de maio de 2012, soma-se o INPC do período + 1,2% de ganho real.

Veja como deve ser feito o cálculo para salários acima do piso:

De maio a julho de 2011:

1º passo: salário (30/4/11) x INPC (6,3%) = X (salário de maio a julho de 2011)

A partir de agosto de 2011 a abril de 2012:

2º passo: X (salário de maio a julho de 2011) x 1% (ganho real) = Y (salário de agosto de 2011 a abril de 2012)

A partir de maio de 2012:

3º passo: Y (salário de agosto de 2011 a abril de 2012) x INPC do período = X

4º passo: X x 1,2% de ganho real = salário a partir de maio de 2012

Exemplo:

Para quem recebe R$ 1.000, temos:

De maio a julho de 2011:

1º passo: R$ 1.000 (salário de 30/4/11) x 6,3% (INPC) = R$ 1.063 (salário de maio a julho de 2011)

A partir de agosto de 2011 a abril de 2012:

2º passo: R$ 1.063 (salário de maio a julho de 2011) x 1% (ganho real) = R$ 1.073,63 (salário de agosto de 2011 a abril de 2012)

A partir de maio de 2012:

3º passo: R$ 1.073,63 (salário de agosto de 2011 a abril de 2012) x INPC do período = X

4º passo: X x 1,2% (ganho real) = salário a partir de maio de 2012

Abono salarial
O abono salarial é de 6% sobre o salário vigente, e deve ser pago para todos os auxiliares de ensino, independente da faixa salarial, junto com o salário de agosto.

Exemplo:
Para quem recebeu em abril de 2011 salário de R$ 1.000, aplicado os reajustes (como explicado no exemplo anterior), terá um salário de R$ 1.073,63 em agosto de 2011.

Portanto, o abono será o seguinte:

R$ 1.073,63 (salário de agosto) x 6% (abono) = R$ 1.138,04 (salário a ser pago junto na folha de agosto de 2011)

Piso salarial
O piso salarial sobe de R$ 550 para R$ 585 no período de maio a julho de 2011, e a partir de agosto de 2011 a abril de 2012, aumenta para R$ 613, que representa 11,5% de reajuste sobre o salário de abril de 2011.

A partir de maio de 2012 deve ser acrescentado ao piso salarial o percentual correspondente ao INPC do período + 5,4% de ganho real.

ENSINO SUPERIOR
O piso salarial para os auxiliares de educação do ensino superior sobe, a partir de maio de 2011, de R$ 650 para R$ 700 para função que exige nível médio, e de R$ 600 para R$ 650 para função que não exige nível médio.

Para quem recebe acima do piso, o salário deverá ser reajustado em 6,3%, que significa a recomposição integral do INPC do período.

Veja como calcular:

Para um salário de R$ 1.000, temos:

R$ 1.000 x 6,3% (INPC) = R$ 1.063 (salário a partir de maio de 2011)

O abono salarial é R$ 210, que equivale a 30% do piso, e deve ser pago para todos os auxiliares em educação, independente da faixa salarial, na folha de setembro.

Além do abono, todos os trabalhadores devem receber, também na folha de setembro, o retroativo a maio, que deve ser pago de uma só vez.

Exemplo do cálculo do abono e retroativo:

Na folha de setembro, quem recebe o piso salarial, deverá receber:

R$ 700 (piso reajustado) + R$ 200 (diferença referente aos meses 5, 6, 7 e 8/2011) + R$ 210 (abono) = R$ 1.110 (salário a ser pago em setembro)

Os reajustes, tanto para educação básica quanto para o ensino superior, são de acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria.

Para acessar as CCTs clique aqui (educação básica) e aqui (ensino superior).




[ 0 Comentário ]     [ Comentar ]     [ Regras para os comentários ]
Voltar ao início da página Volta a página anterior Vai para a página principal Versão para impressão Enviar a notícia por e-mail




EVENTO
Terceirização é tema de seminário sobre trabalho

LEGISLAÇÃO TRABALHISTA
Publicada Lei que dá celeridade aos processos trabalhistas

SERVIÇO
Eleitores que pediram transferência já podem pegar título

DESENVOLVIMENTO
Políticas educacionais e sociais contribuem para IDH crescer

TRABALHADORES
Nova ministra do TST é contra terceirização na atividade-fim




Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em
Estabelecimentos Particulares de Ensino no Distrito Federal
SCS Q. 1, Bloco K, Sala, 202, Ed. Denasa - Brasília/DF - CEP: 70398-900
Telefone: (61) 3034-8685 - Fax: (61) 3034-8688
E-mail: atendimento@saepdf.org.br
Desenvolvido por:   152